Contos Eroticos Veridicos

Um espaço para você ler, partilhar e relembrar os contos eróticos

O amigo da Internet

Posted by Gostosão

O meu nome é Leonor, tenho 31 anos sou vendedora de produtos de beleza e sou casada. Há uns meses arranjei uma ” amizade colorida” com uma pessoa que conheci na internet. Após falarmos algumas vezes e vermos que tínhamos muito em comum decidimos encontrarmo-nos, e foi muito interessante apesar de não se ter passado nada, conversámos apenas e deu para perceber que tínhamos uma empatia grande um pelo outro.

Passadas algumas semanas as coisas foram diferentes… Eu estava pronta para sair com umas amigas, até tinha vestido um vestido novo que o meu marido me tinha oferecido, curto, preto e rendado, muito sensual… O meu telemóvel tocou, era ele dizendo que estava num bar com uns amigos e convidou-me para ir ter com ele, não hesitei e fui ao seu encontro dando uma desculpa as minhas amigas que tinha adoecido. Ao chegar ao bar ele convidou-me logo para ir para casa dele!

Nem pensei muito e fomos. Me levou Assim que entrámos ele começou a beijar-me, encostou-me à parede, mordiscava o meu pescoço e sussurrava no meu ouvido… senti que ele já estava muito excitado e nem eu conseguia disfarçar… parecia até que tínhamos tido sexo várias vezes, e que era um reencontro com muito mais à vontade, mais acredito que possa ser assim, porque tanto eu como ele já tínhamos feito sexo várias vezes em pensamento.

Ele pegou em mim e levou-me para o quarto, onde tinha um espelho grande, pôs-me na frente do espelho, estava atrás de mim e começou a morder-me e a passar a mão na minha vagina apertadinha, e ficava a admirar as minhas expressões… não aguentei de tanto prazer e vim-me…não se contentando com isso, sentou-se à minha frente no sofá que tinha no quarto, e começou-me a lamber… que língua maravilhosa toda eu tremia, tirou-me as cuecas para o lado e lambeu tanto que vim-me na boca dele. Coloquei-me de joelhos à frente dele, tirou o pau para fora das calças e comecei a morder, depois chupei aquele pau grosso muitas vezes pois queria deixá-lo doido, só ouvia os gemidos dele enquanto segurava o meu cabelo.

Parei e sentei-me no colo dele só para o provocar, depois levantei-me me e fiquei de 4 na cama, ele puxou-me e enfiou aquele pau tesudo e quente na minha vagina molhadinha, empinei o rabo totalmente e foi a loucura, ele dava-me palmadas, puxava os meus cabelos… só para o deixar louco tirei-o dentro de mim e voltei a chupar… ai ele não aguentou e quase se veio na minha boca, mas apesar de ele querer eu não deixei pois a noite ainda não tinha terminado.

Tirámos as roupas, deitei-me na cama, começou a beijar-me na boca até eu me virar de costas, foi mordendo as minhas costas, o meu rabo e coloquei-me de lado e podia sentir a respiração dele no meu ouvido. Até que ele cheio de tesão me perguntou se podia comer o meu cuzinho! Hesitei mas depois deixe, ele começou devagarinho, no início doeu mas o desejo e a tesão eram tão grandes que passou e estávamos os dois a adorar. -Eu já não aguentava mais tanto tesão, até levantei um pouco o rabo e viemo-nos os dois, ele veio-se dentro de mim, foi simplesmente maravilhoso! Hoje em dia encontramo-nos todas as semanas para continuar as nossas loucuras.

Leave a Reply