Contos Eroticos Veridicos

Um espaço para você ler, partilhar e relembrar os contos eróticos

Duas travestis putinhas

Posted by Gostosão

Certo dia eu estava louco para comer uma linda travesti. Saí à procura duma, eram mais ou menos 2:00h da manhã. Fui a um ponto de encontro de travestis. Ao passar por uma das ruas vi uma loira, que ao longe parecia muito gira. Então parei e perguntei quanto era, ela disse-me que eram 50€ mais a pensão e começou a agarrar o meu pau. Eu estava decidido que era aquela que eu queria, já que era perfeita, tinha uma voz feminina, corpo lindo e mais à frente estava uma morena, que estava na esquina, com uma roupinha sensual, um top azul e uma mini-saia vermelha…eu perguntei à loira se podíamos fazer por 50€ com as duas, metade para cada uma…

Ela chamou a outra e lá aceitaram após alguma insistência da minha parte. Entraram no carro e a loira maravilhosa sentou-se ao meu lado e a morena sentou-se à janela… perguntei o nome delas… a loira era Vera e a morena Fábia, só ao dizerem os nomes  eu fiquei logo com tesão.

Durante o caminho elas revezavam-se batendo-me punhetas e ao chegarmos à pensão e entramos no quarto a loira foi logo à casa de banho lavar-se enquanto eu e a morena nos beijávamos apaixonadamente e tirávamos as roupas… após estarmos nus ela sentou-se na cama, eu fiquei em frente dela, coloquei uma das pernas em cima da cama e ela começou a chupar… que broche maravilhoso! Ela chupava como uma especialista, e com as mãos massajava as minhas bolas… aos poucos ela foi escorregando a mãozinha até ao meu cu e foi metendo um, depois dois dedos… eu deixava e delirava, gemia como nunca… a Vera quando saiu e viu aquela cena tirou a roupa também… “é a minha vez agora” dizia ela… a Fábia levantou-se, foi se lavar e disse para a loira: “mete-lhe os dedinhos no cu que ele gosta!” e foi exactamente isso que ela fez… ela era mais delicada e tinha as mãos mais macias e os dedos mais finos.

Chupava-me o pau como uma princesa, mas ardentemente, e também meteu dois dedinhos… eu disse então que queria dar o rabinho. Ela disse que tinha um pau com 16 cm e o da amiga tinha 23cm… não importava, eu queria era dar o cu. Em cima da cama eu comecei a chupar a loira que ainda tinha o pau mole… rosadinho, cheiroso, e delicioso! Eu estava tão concentrado naquele pau rque nem vi a morena sair da casa de banho. Só me apercebi quando ela perguntou: “ele chupa bem? Chupa como uma puta?” Eu respondi: “porque não experimentas?” e comecei a chupar a Fábia que tinha um pau enorme! era uma pau moreno, grande, duríssimo… ela estava de pé na cama, e eu ajoelhado em frente a ela… ela segurava a minha cabeça e forçava contra o pau… metia até à minha garganta, ela era forte… eu cheguei a engasgar-me… ela ria-se, e dizia: “é muito grande para ti amor?”. as duas ficaram à minha frente, e eu alternava no broche, ora numa ora noutra… eu estava felicíssimo… quem tem um privilégio destes? de poder comer duas bonecas maravilhosas! Então eu pedi para me comerem… a Fábia pôs-me de 4, dizendo que queria o meu rabinho macio e a Vera sentou-se à minha frente para eu chupá-la… quando a morena começou a meter e passou a cabecinha eu lembrei-me do tamanho do pau dela… eu fui em frente, e disse: “Tu não!! eu não aguento a tua piça, é enorme… eu quero a Vera!”.

A Vera não aguentou de felicidade… colocou o preservativo… fiquei de 4… ela cuspiu para o pau e para o meu rabinho para lubrificar… a morena deitou-se na minha frente, e eu para chupá-la arreganhava ainda mais o meu cu para a loira… o meu sentimento era o de puta mais feliz do mundo, com 2 paus só pra mim. A loira foi enfiando e eu sentia cada centímetro daquele pau a  invadir-me, delicadamente… Ela começou a estocar cada vez mais forte, e eu chupava a morena cada vez mais rápido. Enquanto eu estava ocupadíssimo com um pau na boca e não podia falar, as duas conversavam e deixavam-me ainda mais excitado! “que boquinha de puta ela tem… já deve ter chupado muitos paus por aí” “é porque ainda não sentiste o rabinho dela! é uma delícia….” e todos nós gemíamos muito!! então eu disse que queria ver a cara da loira enquanto ela me comia… eu deitei-me de costas na cama, ela colocou uma almofada no meu rabo para poder enfiar mais… a morena debruçou-se à minha frente e deixava a piça na minha boca para eu chupar… começámos outra vez… a loira enfiava e a morena era chupada… elas estavam a dar cabo de mim! então a morena disse: “minha putinha!! eu vou-me vir… queres beber leitinho?” eu nem respondi… ela tirou o pau da minha boca para se vir… eu abri a minha boca e ela veio-se na minha cara, caindo alguns jactos de esporra na minha boca… ela fechou a minha boquinha e mandou-me engolir tudo… ela saiu e foi à casa de banho… a loira continuava estocando cada vez mais forte, mas demorou ainda para se vir… mas depois de a morena se ter vindo na minha cara, ela comia-me beijando a minha boca… dizendo que tinha um gosto maravilhoso, gosto de putinha com esporra! Sssim, ela não demorou muito mais e disse que ia vir-se também.  Deu mais duas bombadas e veio-se… então eu perguntei: “gostaste? gostaste de me comer o cu?” ela prontamente disse: “adorei… aliás, amei… não precisas nem pagar! Estou exausta”. A morena ao ouvir isso, continuou: “pois a mim deves-me 50€, não te comi e nem te dei o meu cu… quero o dinheiro!!”. então eu respondi… “se é assim…. queres fuder-me?” Prontamente o pau dela endureceu, colocou um preservativo… agora eu estava deitado de bruços… ela colocou a almofada na minha cintura para poder erguer o meu cuzinho… deitou-se em cima de mim ela era mais rude, e enfiou de uma vez só… só dei um sussurro, mas o meu cu já estava todo aberto e nem doeu muito. A Fábia deu algumas estocadas e veio-se loucamente. Estávamos os três sem forças e acabamos por adormecer cerca de uma hora. Saímos. Paguei a pensão e fui para casa extremamente feliz: fiquei com dois travestis lindos, chupei o pau das duas, dei o cuzinho para as duas e foi tudo maravilhoso.

Leave a Reply