Contos Eroticos Veridicos

Um espaço para você ler, partilhar e relembrar os contos eróticos

Comida pelo chefe

Posted by Gostosão

Este conto relata o que aconteceu comigo há pouco tempo. O meu nome é Milene, tenho 25 anos sou morena e trabalho numa empresa de contabilidade, por ser uma mulher bonita já estou habituada aos piropos dos homens da empresa e de clientes que por vezes nos visitam. Desde que entrei na empresa o meu chefe costuma insinuar-se a mim, ele é um homem casado e por sinal a mulher dele trabalha na mesma empresa, apesar disso ele está sempre com piropos e elogios para mim.

Eu gosto de ser elogiada, quem não gosta? Mas para além de gostar, as vezes gosto de o provocar, como na empresa que trabalho tenho que usar farda (calça ou saia, camisa branca, colete e casaco) dava sempre uns “ajustes” na minha roupa de modo a realçar as minhas formas até porque sempre gostei de roupas bem justas. Normalmente nas sextas-feiras não necessitávamos de usar farda e aí podia vestir-me como eu gosto.

O meu chefe por sua vez ficava louco, muitas vezes vinha com um sutiã por baixo da camisa branca que realçava os meus seios, quantas vezes não me baixei para procurar algo em gavetas e deixava o rabo virado para a cara dele.

Eu adorava o jogo de sedução, ele por sua vez sempre ia aumentando o nível dos piropos. Certo dia ele chamou-me para conversar, disse que ia haver uma redução de funcionários na empresa e que teria que me mandar embora, como dependo do emprego perguntei-lhe se podia fazer algo por mim, fui mesmo inocente, era exactamente isso que ele queria ouvir, foi quando ele me disse:

- ” posso fazer algo por ti desde que faças algo por mim também ! “.

- ” e o que posso fazer por si ? “.

ele sem pensar duas vezes disse:

- ” quero-te na minha cama, sempre te quis ter para mim, mas como nunca me deste bola, acho que é este o momento.”

Ele foi muito sacana, ao aproveitar-se da situação para ter sexo comigo, não dei logo uma resposta, mas disse que ia pensar, ele por sua vez disse-me para não demorar, pois poderia perder o emprego.

Não pensei muito, ao final do dia fui falar com ele, afinal de contas, um emprego como este não se arranja todos os dia e além do mais, o meu chefe não é bonito, mas também não é tão assim tão feio, até poderia ser bom.

Disse-lhe a minha decisão, ele ficou cheio de alegria, não podia se conter, afinal de contas, ele ia comer a mulher que sempre desejou.

Combinámos no sábado em num shopping, ele ia dizer à mulher que teria que trabalhar no fim-de-semana. Fui até o shopping como combinado e lá estava ele, fui com um vestidinho semi-transparente que dava para ver minha minúscula tanguinha, e um sutiã do tipo por baixo para realçar os meus seios. Ele ao ver-me ficou maluco, sem perder tempo fomos para o estacionamento para irmos a um hotel que ele tinha escolhido. No carro ele não se conteve e quis apalpar-me ali mesmo no estacionamento, beijamo-nos, a mão dele percorria o meu corpo, o tesão foi aumentando até que ele resolveu ir logo para o hotel. Apanhámos algum trânsito, ele não tirava a mão das minhas pernas, quando olhei para o lado, vi algumas pessoas no autocarro olhando para baixo e vendo aquela cena, ele apalpando-me em pleno transito, confesso que comecei a fantasiar e passei a abrir as pernas, pouco a pouco devido a meu vestido, mas como as mãos dele eram rápidas, rapidamente o meu vestido ficou à altura das minhas coxas e subindo cada vez mais, deixando o pessoal do autocarro louco.

Chegámos ao hotel. Ainda mal tínhamos entrado, e ele deitou-me em cima da cama, beijando-me, percorrendo o meu corpo com as mãos, decidi mudar o jogo, deixei ele deitado na cama e passei a ficar por cima, fui tirando a roupa dele, gravata, camisa, calças e vi uma coisa que ainda não me tinha percebido, o tamanho do pau do meu chefe, era pequeno, porém grosso, não passava de uns 12 cm mais ou menos, ele ficou um pouco constrangido e perguntou-me: -” achas que tenho um pau pequeno? ” eu respondi para ele não ligar a isso e para relaxar, comecei a chupar aquele caralhinho gostoso, sugando as suas bolas fazendo ele gemer. Nunca tinha feito sexo com um homem que tinha o pénis pequeno, os homens que passaram pela minha vida sempre tinham o pénis de tamanho normal, menos dois ex-namorados que tive que eram negros e tinham um pénis enorme. Mas comecei a curtir aquele pénis e como ele estava cheio de tesão, coloquei-lhe um preservativo e comecei a cavalgar o meu chefe, foi demais, ele gemia alto, dizia-me que eu era muito boa, etc…

Não demorou muito para que ele explodisse, fomos para a casa de banho tomar um banho na hidromassagem, ele não é muito bonito, porém sabe cativar uma mulher, é do tipo do homem carinhoso, não demorou muito para nos enroscarmos outra vez, logo eu comecei a fazer-lhe um broche naquele pénis pequeno mas delicioso. Ele pediu-me para me comer por trás, não gosto de sexo anal, tive péssimas experiencias com os meus dois ex-namorados negros, mas como ele não tinha um pénis assim tão avantajado, resolvi experimentar, ele começou a enfiar devagarinho, fui gemendo baixinho e ele enfiou tudo, foi muito bom levar com aquele vai e vem ali na banheira ser enrabada pelo meu chefe ele meteu tanto que se cansou e não conseguiu vir-se no meu cuzinho, tirei-lhe o preservativo e comecei a chupá-lo alternando com uma punheta, logo ele veio-se em jactos que acertaram no meu rosto e cabelo.

Tomámos mais um banho e fomos embora. Hoje sou amante do meu chefe e tenho que estar sempre disponível para ele quando ele quer foder comigo, afinal de contas, tenho que manter o meu emprego!

2 Responses to “Comida pelo chefe”

  1. Katarina Manuela says:

    Fui ao céu e voltei!

  2. Mineiro says:

    hummm fiquei com vonatde de te fuder tbaem mineiro.bs@hotmail.com

Leave a Reply